Por que tenho que estudar inglês?

WELCOME TO THE WORLD OF ENGLISH!

Se você não entendeu o título deste blog ou se tem apenas uma ideia do que ele significa, então, este texto é para você.

O idioma inglês é o mais falado em todo o planeta, e, naturalmente, o mais importante.

Em qualquer lugar que você chegar, seja nas Américas, Europa, Ásia ou Oceania, alguém vai entendê-lo se você se expressar em inglês.

Quando você domina esse idioma, um novo mundo se descortina à sua frente. Tudo fica mais fácil, afinal, a comunicação é a base do sucesso e, isso, em qualquer área do conhecimento humano.

Você certamente encontrará mais facilidade para conseguir bons empregos e, em consequência, melhores salários. Mais oportunidades aparecerão para você além do fato que, inegavelmente, você terá uma imensa e melhor compreensão do mundo e de tudo o que acontece, aconteceu ou vai acontecer em qualquer lugar, em qualquer cultura e em qualquer setor.

Política, religião, esportes, lazer, viagens, relacionamentos pessoais e profissionais, enfim, tudo na vida fica mais fácil quando você tem um inglês fluente.

Viajar para qualquer país do mundo e não ter nenhuma dificuldade de comunicação em restaurantes, hotéis, conferências, negócios, é fundamental e tudo fica mais fácil.

Além disso, quando você aprende um novo idioma, sua mente se mantém ativa e há até estudos que indicam que o aprendizado de uma língua diferente da sua evita o mal de Alzheimer.

Procure sites especializados no ensino do inglês, ou uma escola especializada ou um professor particular, enfim, qualquer esforço que você faça será, no futuro, amplamente recompensado. Pode ter certeza quanto a isso.

Os principais países onde o idioma inglês é falado como primeiro idioma são, Inglaterra, Estados Unidos da América, Escócia, Irlanda, País de Gales, Austrália, Bahamas, Granada, Guiana, Jamaica, Malta, Nova Zelândia, Porto Rico e Trinidad, além disso, praticamente em todos os demais países do planeta é comum que a população tenha o inglês como segundo idioma ou mesmo, é prática comum que o ensino desse idioma seja parte integrante do currículo escolar.

Os melhores salários são pagos aos funcionários, ou funcionárias, que falam fluentemente o idioma inglês e, em viagens internacionais você terá mais facilidades porque todas as grandes cidades do mundo tem as sinalizações em aeroportos, portos, rodoviárias, etc. no idioma local e em inglês.

Falar inglês é indispensável!

Uma prática que tem facilitado muito o aprendizado desse idioma é o chamado intercâmbio em inglês, ou seja, intercâmbio de jovens de um determinado país com outros jovens oriundos de países de língua inglesa nativa.

Essa prática além de proporcionar um aprendizado rápido e eficiente adiciona o conhecimento da nova cultura e, é indiscutível que o conhecimento de novas culturas é, sem dúvida, um grande incremento na qualidade de vida de todas as pessoas.

Há idade certa para se aprender um novo idioma?

Claro que não!

É claro que, quanto mais cedo você começar, melhor, mas fica aqui uma dica muito simples e importante: comece a aprender agora. Simples assim.

Há pessoas que dizem que não tem aptidão para aprender idiomas, são tímidas e muitas outras desculpas. Sim, são apenas desculpas que não lhe ajudam em nada e você tem que superá-las com vigor.

E sabe o que é melhor?

É uma delícia falar um idioma diferente e, quando esse idioma é o inglês, mundialmente falado, do qual fizeram uso os maiores escritores e poetas da história da humanidade, então, torna-se fantástico.

É o que poderíamos dizer de unir o útil ao agradável. Isso é fato!

Não perca tempo!

Comece hoje! Comece agora!

Procure uma escola especializada e faça aulas de inglês.

Se você tem filhos, então, este texto é mais importante ainda para você, e para eles, é claro.

Não lhes negue a oportunidade de aprenderem esse idioma universal, belo, rico e que lhes abrirão inúmeras portas ao longo de toda as suas vidas.

Você não vai se arrepender e eles lhe serão gratos por toda a vida.

Você poderá assistir filmes, peças teatrais, curtir canções em inglês sem precisar de intermediários ou de legendas e fazer a sua própria interpretação dos fatos, textos e poemas maravilhosos de grandes autores, escritores, atores e compositores.

É um novo, diferente e maravilhoso mundo!

Estudar inglês é caro?

Claro que não!

Além de uma fantástica relação custo x benefício e do retorno garantido que você terá no futuro, o ensino do idioma inglês está tão difundido que existem inúmeras possibilidades de você aprender esse idioma espetacular.

São cursos especializados, sites especializados, escolas especializadas, tudo com métodos práticos, modernos e eficientes que prendem a atenção dos jovens e de adultos.

No google, encontramos o seguinte texto, muito interessante:

As pessoas também perguntam

Qual é a língua inglesa?

inglês é uma língua germânica ocidental que se originou a partir dos dialetos anglo-frísio e saxão antigo trazidos para a Grã-Bretanha por colonos germânicos de várias partes do que é hoje o noroeste da Alemanha, Dinamarca e Países Baixos.

O site https://www.wizard.com.br/cultura/historia-do-ingles-conheca-as-origens-da-lingua-inglesa/ nos diz o seguinte:

Quando o assunto é a história do inglês, o idioma mais difundido ao redor do mundo, a gente percebe como a evolução linguística é algo mágico e super interessante de conhecer, podendo render, inclusive, horas, dias e anos de estudos!

Então, esse é um dos lados mais legais de se aprender um idioma, ou seja, inevitavelmente, junto a isso, você absorve um monte de conhecimento e aprendizado sobre a cultura, tradições e costumes desses países.

Mas como nosso intuito aqui não é de tornar ninguém um especialista em etimologia, nós só listamos algumas das principais curiosidades sobre a história do inglês, suas origens e mutações ao longo dos anos, até chegar ao que conhecemos da língua hoje.

As origens do idioma inglês lá pelos anos 400

Saber a definição exata da origem de qualquer idioma é um trabalho infindável de estudos e pesquisas, que nem mesmo os grandes linguistas da história conseguiram responder.

Porém, estima-se que a história do inglês começou partir dos anos 400, quando a atual Grã-Bretanha foi ocupada por tribos de Anglo-Saxões, vindas da Europa Central.

Entretanto, é claro que naquela época o idioma era completamente diferente daquele que conhecemos hoje e, por isso, recebe uma outra nomeação: a de Inglês Antigo. Não precisamos entrar em detalhes sobre essas diferenças na prática, até por que esse inglês original já caiu em desuso faz tempo.

Mas, apenas para se ter uma ideia mais ampla, muitos termos e palavras antigas são irreconhecíveis até mesmo para quem é fluente no idioma. Apesar disso, é inegável que o Inglês Antigo tenha servido como a base fundamental para o que conhecemos da língua hoje.

Os vikings ajudaram na formação e expansão do inglês

Quase 600 anos após a chegada das primeiras tribos ao Reino Unido, os vikings se expandiam por todo o norte europeu em suas sangrentas e violentas excursões por mar.

Acredita-se que esses povos eram tão aventureiros que até as Américas (incluindo o Brasil), eles já teriam alcançado, anos e anos antes do que conhecemos como os “descobrimentos” de portugueses e espanhóis. Mas isso é história para um outro post!

O fato é que essas inúmeras excursões e explorações vikings acarretaram também na transformação do inglês antigo, que inevitavelmente agregou novas palavras e termos de dialetos nórdicos, amplamente falados pelos seus guerreiros e navegadores.”

Shakespeare ajudou a popularizar o novo inglês

Após o fim da Guerra dos Cem Anos com a França, importantes movimentos literários e artísticos surgiram e o idioma inglês passou a ser difundido de forma mais moderna e acessível ao povo.

Shakespeare foi um dos grandes personagens desse processo e, sem dúvidas, o grande protagonista da evolução da história do inglês como conhecemos hoje.

Só para ter uma ideia, estudiosos acreditam que ele inventou (isso mesmo, inventou!), mais de 1700 palavras do idioma, tais como “alligator”, “puppy dog” e “fashionable”, que até então eram desconhecidas.